AWS Elastic Beanstalk

Postado por Fábio Rogério SJ em 16/01/2017

Escalabilidade é algo que precisa ser pensado desde o início da aplicação pois quando um produto está na web o alcançe, dependendo do seu publico alvo, pode ser ilimitado globalmente.

O próprio serviço AWS Amazon EC2 tem vários recursos para fazer o auto scalling e o balanceamento de carga porem não é tão simples e rápido esta configuração e o provisionamento caso não esteja ativo o auto scalling. O serviço AWS Elastic Beanstalk foi criado justamente para resolver este problema.

Um case apresentado pela Amazon, apresenta o aplicativo Prezi de apresentações online que moveu dois de seus serviços críticos de backend para a AWS Elastic Beanstalk para implementar e dimensionar o serviço automaticamente, você pode ler na integra o case no site oficial.

Segundo a documentação oficial do produto:

O AWS Elastic Beanstalk é um serviço de fácil utilização para implantação e escalabilidade de aplicativos e serviços da web desenvolvidos com Java, .NET, PHP, Node.js, Python, Ruby, Go e Docker em servidores conhecidos, como Apache, Nginx, Passenger e IIS.
Basta fazer o upload de seu código e o Elastic Beanstalk se encarrega automaticamente da implementação, desde o provisionamento de capacidade, o balanceamento de carga e a escalabilidade automática até o monitoramento da saúde do aplicativo. Ao mesmo tempo, você mantém total controle sobre os recursos da AWS que possibilitam a operação do seu aplicativo e pode acessar os recursos subjacentes a qualquer momento.
Não há custos adicionais pelo Elastic Beanstalk, você só paga pelos recursos da AWS necessários para executar e armazenar seus aplicativos.

O processo é simples para criar, configurar e monitorar seu ambiente pois o serviço tem como objetivo em criar suas instâncias EC2 e toda configuração dependente para manter e escalar sua aplicação.

Aqui podemos ver o recurso de monitoramento: